sábado, 13 de abril de 2013

Chavistas convocam tuitaço #ParaSiempreHugoChavez


Apoiadores de Nicolás Maduro aproveitam o simbolismo do 13 abril, dia que, em 2002, o golpe de Estado contra Chávez começou a ser revertido. Os seguidores do principal candidato opositor estão utilizando a hashtag #CuandoGaneCapriles.

Vinicius Mansur, de Caracas, Venezuela


Há um dia da eleição presidencial na Venezuela, quando a propaganda eleitoral já não é mais permitida, a política caminha pelas redes sociais do país. Os chavistas aproveitam o simbolismo deste 13 de abril e convocam seus seguidores a difundir mensagens com a hashtag #ParaSiempreHugoChávez.

Em 13 de abril de 2002, o golpe de Estado contra o ex-presidente começou a ser revertido, sobretudo, pela mobilização popular. No dia 14, Chávez foi oficialmente reconduzido ao posto de presidente da República.

O site Ola Bolivariana convocou os tuiteiros para, a partir das 12 horas (13:30 no horário de Brasília), a compartilhar “recordações, piadas, aprendizagens, desejos e reflexões” daqueles dias até hoje, quando “o povo mobilizado decidiu continuar com o rumo da Revolução Bolivariana”.  

Já os seguidores do principal candidato da oposição, Henrique Capriles Radonski, estão desde sexta-feira (12) difundido mensagens com a hashtag #CuandoGaneCapriles, chegando a alcançar as primeiras posições no ranking do Twitter.