sexta-feira, 22 de março de 2013

ComunicaSul volta à Venezuela para cobrir novas eleições

O ComunicaSul cobrirá a eleição presidencial da Venezuela, marcada para o dia 14 de abril e que definirá os rumos da Revolução Bolivariana, levada a cabo pelo presidente recentemente falecido Hugo Chávez. A proposta do coletivo, formado por veículos da mídia alternativa brasileira, é fazer um contraponto informativo em relação à grande mídia latino-americana, que atua como oposição sistemática aos governos progressistas da região.

A cobertura terá início nesta segunda-feira (22) e se estenderá até o final do processo eleitoral. A equipe será formada pelos jornalistas Vinicius Mansur (Carta Maior), Felipe Bianchi (Barão de Itararé), Renata Mielli (Barão de Itararé), Jônatas Campos (Brasil de Fato), Leonardo Severo (CUT e Hora do Povo) e Vanessa Silva (Vermelho). A missão do grupo é buscar informações "direto da fonte", sem dependência das agências internacionais e dos grandes conglomerados de comunicação, retratando a Venezuela sob uma perspectiva popular. 

Com a ideia de diversificar e pluralizar o ambiente informativo brasileiro, o coletivo tem atuado em diversos eventos políticos e midiáticos no continente, como a própria eleição venezuelana em outubro de 2012, que reelegeu o presidente Chávez e elegeu o vice-presidente Nicolás Maduro, que agora concorre à presidência. O grupo também reportou a luta pela democratização da comunicação na Argentina, no emblemático 7 de dezembro do ano passado (7D) e, mais recentemente, em fevereiro de 2013, trabalhou na cobertura da reeleição de Rafael Correa, no Equador.

Todo o conteúdo produzido é publicado no blog (www.comunicasul.blogspot.com) e a reprodução é livre para sites, blogs, jornais e revistas que tenham interesse no tema, desde que citada a fonte e conferidos os créditos. Desde já, o ComunicaSul conta com a parceria de veículos de comunicação no Brasil para reproduzir o conteúdo que será gerado a partir de Caracas, entre os dias 25 de março e 21 de abril.

Relembre as coberturas realizadas pelo ComunicaSul